Mapa
de atuação

O Mangues da Amazônia atua em três Reservas Extrativistas Marinhas no estado do Pará, no norte do Brasil, em uma área de 10 hectares em plena Amazônia. As ações do projeto acontecem nas RESEX Mar de Araí-Peroba, na cidade de Augusto Corrêa; na RESEX Mar de Caeté Taperaçu, que fica na cidade de Bragança e na RESEX Mar de Tracuateua, em Tracuateua.

As Reservas Extrativistas Marinhas, as chamadas RESEX Mar, são Unidades de Conservação geridas em parceria pelo ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade) e conselhos gestores locais. Nas três Unidades de Conservação o foco do Mangues da Amazônia é recuperar áreas degradadas de manguezais e espécies-chave desse ecossistema, como o mangue branco e o caranguejo-uçá.

0
unidades de conservação
0
hectares de manguezal em recuperação
1 0
pessoas impactadas

Voltar ao topo